Home / Notícias / Nestlé divulga os resultados do ano de 2023

Nestlé divulga os resultados do ano de 2023

Por Laís Colombini

  • O crescimento orgânico atingiu 7,2%, com precificação de 7,5% e crescimento real (RIG) de -0,3%. O crescimento foi generalizado em todas as regiões e categorias.
  • As vendas totais reportadas foram de 93,0 bilhões de francos suíços, uma redução de 1,5% (ano fiscal de 2022: 94,4 bilhões de francos suíços). O câmbio reduziu as vendas em 7,8%. Os desinvestimentos líquidos tiveram impacto negativo de 0,9%.
  • A margem de lucro operacional subjacente (UTOP) foi de 17,3%, aumentando 20 pontos-base na base reportada e 40 pontos-base nas moedas constantes. A margem de lucro operacional (TOP) foi de 15,6%, aumentando 160 pontos-base.
  • O lucro subjacente por ação aumentou 8,4% nas moedas constantes e 0,1% na base reportada para 4,80 francos suíços. O lucro por ação aumentou 23,7%, para 4,24 francos suíços na base reportada, refletindo principalmente itens não recorrentes do ano anterior.
  • O fluxo de caixa livre foi de 10,4 bilhões de francos suíços, um aumento de 3,8 bilhões de francos suíços após uma redução significativa do capital de giro.
  • O Conselho propõe dividendo de 3,00 francos suíços por ação, um aumento de 5 cêntimos, marcando 29 anos consecutivos de crescimento de dividendos. Em 2023, 12,8 bilhões de francos suíços foram devolvidos aos acionistas mediante uma combinação de dividendos e recompra de ações.
  • Perspectivas para 2024: esperamos crescimento orgânico das vendas em torno de 4% e aumento moderado da margem de lucro operacional subjacente. Espera-se que o lucro subjacente por ação nas moedas constantes aumente entre 6% e 10%.
  • Metas de médio prazo para 2025 integralmente confirmadas: crescimento orgânico das vendas de um dígito e margem de lucro operacional subjacente na faixa de 17,5% a 18,5% até 2025. O lucro subjacente por ação nas moedas constantes aumentará entre 6% e 10%.

 

Mark Schneider, CEO da Nestlé, comentou: “A inflação sem precedentes nos últimos dois anos aumentou a pressão sobre muitos consumidores e impactou a demanda de alimentos e bebidas. Neste contexto desafiador, entregamos um forte crescimento orgânico e uma sólida melhoria nas margens com maiores investimentos em marketing e outros investimentos de crescimento. Nossa geração de fluxo de caixa livre voltou a níveis históricos.

Olhando para 2024, estamos priorizando o crescimento liderado por volume e mix, com maior apoio às marcas à medida que aumentamos o valor para os consumidores por meio de inovação e renovação constantes, premiumização, acessibilidade e opções mais nutritivas. Continuaremos a concentrar a alocação de capital em nossas marcas bilionárias de rápido crescimento, o que nos permite proporcionar um crescimento confiável paralelamente ao aumento de fidelidade à marca.

Para impulsionar ganhos de participação de mercado, nossas principais prioridades são encantar os consumidores por meio de ofertas diferenciadas e focar em um desempenho de alta qualidade. Estamos confiantes de termos a estratégia, o portfólio e a capacidade certos para cumprirmos nossas metas para 2025.”

 

Vendas do grupo

O crescimento orgânico foi de 7,2%. A precificação foi de 7,5%, refletindo a inflação dos custos dos últimos dois anos. O crescimento real (RIG) foi de -0,3%, impactado pela demanda moderada dos consumidores, restrições de capacidade e uma interrupção temporária no fornecimento de vitaminas, minerais e suplementos no segundo semestre. Como esperado, o RIG tornou-se positivo tanto no quarto trimestre como no segundo semestre, sustentado pelos benefícios da otimização do portfólio, melhoria dos níveis de serviço ao cliente e maior suporte às marcas.

O crescimento foi generalizado na maioria das regiões e categorias. Nos mercados desenvolvidos, o crescimento orgânico foi de 6,4%, liderado pela precificação, com RIG negativo. Nos mercados emergentes, o crescimento orgânico foi de 8,4%, impulsionado por precificação e RIG positivo.

Por categoria de produto, Purina PetCare foi a que mais contribuiu para o crescimento orgânico, com forte impulso em todos os canais. Purina ONEPurina Pro Plan e Friskies registraram crescimento de dois dígitos. As vendas de Purina Pro Plan atingiram quase 3 bilhões de francos suíços. Café registrou crescimento elevado de um dígito, com evolução positiva das vendas em todas as marcas, sustentadas pela forte procura nos canais fora de casa. Nutrição Infantil registrou alto crescimento de um dígito, com base no impulso contínuo das fórmulas infantis premium, incluindo produtos de oligossacarídeos do leite humano (HMOs) e fórmulas especiais. A categoria Produtos Lácteos reportou crescimento médio de um dígito, liderado por leites fortificados, coffee creamers e produtos de panificação caseira. Confectionery registrou alto crescimento de um dígito, impulsionado pelo crescimento contínuo de dois dígitos de KitKat. Pratos prontos e produtos culinários registraram crescimento médio de um dígito, com demanda robusta por Maggi em todas as regiões e segmentos. A de Águas apresentou crescimento médio de um dígito, liderado por S.Pellegrino Acqua Panna. Nestlé Health Science registrou crescimento de um dígito, uma vez que o forte impulso contínuo da Nutrição Médica foi parcialmente contrabalançado por restrições temporárias do fornecimento de vitaminas, minerais e suplementos.

Por canal, o crescimento orgânico das vendas no varejo permaneceu robusto em 6,5%. As vendas no comércio eletrônico cresceram 13,4%, atingindo 17,1% das vendas totais do Grupo. O crescimento orgânico dos canais fora de casa foi de 15,9%.

Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas em 0,9%, em grande parte relacionados ao desinvestimento de uma participação majoritária na Freshly, bem como à alienação da marca de fórmulas infantis Gerber Good Start em 2022. O impacto do câmbio foi negativo em 7,8%, após valorização significativa e generalizada do franco suíço. As vendas totais reportadas diminuíram 1,5%, para 93,0 bilhões de francos suíços.

 

Lucro operacional subjacente

A margem de lucro operacional subjacente aumentou 20 pontos-base para 17,3% na base reportada e 40 pontos-base nas moedas constantes. O lucro operacional subjacente diminuiu 0,3%, para 16,1 bilhões de francos suíços, devido à valorização da moeda.

A margem de lucro bruto aumentou 70 pontos-base, para 45,9%. Precificação, eficiência de custos e otimização do portfólio contrabalançaram amplamente a significativa inflação de custos.

Os custos de distribuição como porcentagem das vendas caíram 60 pontos-base para 8,3% das vendas, principalmente como resultado de menores custos de frete e energia.

As despesas de marketing e administração como porcentagem das vendas foram de 18,9%. Nesta linha, as despesas com publicidade e marketing representaram 7,7% das vendas, um aumento de 80 pontos-base em relação ao ano anterior.

A reestruturação e outros itens comerciais líquidos reduziram de 2,9 bilhões de francos suíços para 1,5 bilhão de francos suíços, refletindo itens não recorrentes do ano anterior, especialmente depreciações de ativos. Como resultado, o lucro operacional aumentou 10,0%, para 14,5 bilhões de francos suíços. A margem de lucro operacional atingiu 15,6%, um aumento de 160 pontos-base na base reportada e 190 pontos-base nas moedas constantes.

 

Despesas Financeiras Líquidas e Imposto de Renda

As despesas financeiras líquidas aumentaram 1,4 mil milhões de francos suíços, refletindo um aumento nas taxas de juro e um nível mais elevado de dívida líquida média. O custo médio da dívida líquida foi de 2,5% em face de 2,2% em 2022.

O Grupo reportou que a alíquota tributária diminuiu 600 pontos-base para 18,2% como resultado de itens não recorrentes. A alíquota tributária subjacente aumentou 30 pontos-base para 21,2%, principalmente devido ao mix geográfico e dos negócios.

 

Lucro líquido e lucro por ação

O lucro líquido aumentou 20,9%, para 11,2 bilhões de francos suíços. A margem de lucro líquido aumentou 230 pontos-base para 12,1% na base reportada e 240 pontos-base nas moedas constantes. O aumento deveu-se, principalmente, a menores imparidades de ativos, a uma diminuição nos impostos reportados e a maiores rendas das associadas. Como resultado, o lucro por ação aumentou 23,7%, para 4,24 francos suíços na base reportada.

O lucro subjacente por ação aumentou 8,4% nas moedas constantes e 0,1% na base reportada para 4,80 francos suíços. O aumento resultou, principalmente, do forte crescimento orgânico e da melhoria da margem de lucro operacional subjacente. O programa de recompra de ações da Nestlé contribuiu com 1,2% para o aumento do lucro subjacente por ação, líquido de custos financeiros.

 

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa livre subiu de 6,6 bilhões de francos suíços para 10,4 bilhões de francos suíços, principalmente devido aos menores níveis de estoque.

 

Dividendos

Na Assembleia Geral Anual de 18 de abril de 2024, o Conselho de Administração irá propor um dividendo de 3,00 francos suíços por ação, um aumento de 5 cêntimos. Se aprovado, este será o 29º aumento anual consecutivo de dividendos da empresa. A empresa manteve ou aumentou os seus dividendos em francos suíços nos últimos 64 anos. A Nestlé está empenhada em manter esta prática de longo prazo de aumentar anualmente os dividendos em francos suíços.

O último dia de negociação com direito ao recebimento do dividendo será 19 de abril de 2024. O dividendo líquido será devido a partir de 24 de abril de 2024.

Os acionistas inscritos no registro de ações com direito a voto no dia 11 de abril de 2024, às 12h00 (CEST), terão o direito de exercer o seu direito de voto.

 

Programa de recompra de ações

Em 2023, o Grupo recomprou 5,0 bilhões de francos suíços de ações da Nestlé como parte do programa de três anos de recompra de ações de 20 bilhões de francos suíços, que começou em janeiro de 2022. Na próxima Assembleia Geral Anual, o Conselho de Administração irá propor uma redução de 50 milhões de ações do capital social de 267 milhões de francos suíços para 262 milhões de francos suíços, mediante o cancelamento de ações adquiridas como parte do programa de recompra de ações.

 

Dívida líquida

A dívida líquida era de 49,6 bilhões de francos suíços em 31 de dezembro de 2023, em comparação com 48,2 bilhões de francos suíços em 31 de dezembro de 2022. O aumento refletiu, em grande parte, o pagamento de dividendos de 7,8 bilhões de francos suíços e recompras de ações de 5,1 bilhões de francos suíços.

 

Retorno sobre o capital investido (ROIC)

O ROIC do Grupo foi de 13,9%, um aumento de 170 pontos-base.

 

Gestão de portfólio

Em vigor a partir de 1º de setembro de 2023, a Nestlé e a PAI Partners, uma empresa de private equity, concluíram a transação para criar uma joint venture para o negócio de pizzas congeladas da Nestlé na Europa. A Nestlé mantém uma participação minoritária com direitos iguais de voto ao lado da PAI Partners, permanecendo investida neste negócio e participando do crescimento futuro e da criação de valor da categoria.

Em 4 de setembro de 2023, a Nestlé alienou o Palforzia, seu negócio de tratamento de alergia ao amendoim, para a Stallergenes Greer, uma empresa biofarmacêutica especializada no diagnóstico e tratamento de alergias. A transação foi concluída após sua assinatura.

Em 7 de setembro de 2023, a Nestlé anunciou um acordo com a Advent International para adquirir uma participação majoritária no Grupo CRM, player de chocolate premium no Brasil. Espera-se que a transação seja concluída em 2024, sujeita às aprovações regulatórias habituais.

 

Operações de Águas da Nestlé

Seguindo um plano de transformação na França, a Nestlé está revendo suas práticas operacionais em suas operações de água mineral natural em vários países. Tendo a segurança alimentar como objetivo principal, as práticas em alguns dos seus locais de produção podem não estar em conformidade com a estrutura regulamentar aplicável. A Nestlé lamenta a situação e vem colaborando com as autoridades competentes para garantir que suas práticas operacionais estejam plenamente conformes. A empresa enfatiza que suas águas sempre foram e continuam sendo seguras para beber. Além disso, a composição mineral única de suas marcas de água mineral natural sempre foi consistente com o rótulo.

 

Zona América do Norte

  • Crescimento orgânico de 7,3%: crescimento real (RIG) -0,3%; Precificação de 7,6%.
  • A margem de lucro operacional subjacente da Zona aumentou 120 pontos-base para 22,2%.

O crescimento orgânico foi de 7,3%, com precificação de 7,6%. O crescimento real foi de -0,3%, refletindo a demanda moderada dos consumidores, restrições de capacidade e a liquidação do negócio de refeições congeladas e pizzas no Canadá. O crescimento real ficou positivo no quarto trimestre. Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas em 1,7%, como resultado da alienação de uma participação majoritária na Freshly, bem como da alienação da marca de fórmulas infantis Gerber Good Start em 2022. O câmbio teve impacto negativo de 6,8%. As vendas reportadas na Zona América do Norte diminuíram 1,3%, para 26,0 bilhões de francos suíços.

O crescimento na Zona América do Norte foi amplo, impulsionado pela precificação, bem como pelo forte impulso contínuo do comércio eletrônico e canais fora de casa. A Zona registrou ganhos de participação de mercado em alimentos para pets, café e refeições congeladas.

Por categoria de produto, Purina PetCare foi a que mais contribuiu para o crescimento, com uma procura generalizada em todos os segmentos, canais e marcas, especialmente Purina ONE, Purina Pro Plan e Friskies. As vendas fora de casa da Nestlé Professional e da Starbucks continuaram a crescer a uma taxa de dois dígitos, lideradas pela aquisição de novos clientes. A categoria de bebidas, incluindo produtos StarbucksCoffee mate e Nescafé, reportou crescimento médio de um dígito. Os leites para crescimento Nido registraram forte aumento de dois dígitos. Confectionery, no Canadá, teve alto crescimento de um dígito, impulsionado por KitKat e Aero. Águas apresentou crescimento de um dígito, com base no forte desenvolvimento das vendas no quarto trimestre. S.Pellegrino Acqua Panna registraram crescimento de dois dígitos, que contrabalançou amplamente o impacto das restrições de capacidade da Perrier. O crescimento dos alimentos congelados foi negativo, impactado pela demanda moderada dos consumidores e pela liquidação do negócio de refeições congeladas e pizzas no Canadá. Nos EUA, o crescimento dos alimentos congelados ficou praticamente estável, sustentado por Stouffer’s, Jack’s e Tombstone.

A margem de lucro operacional subjacente da Zona aumentou 120 pontos-base, principalmente como resultado do desinvestimento da participação majoritária na Freshly e de ações de otimização do portfólio. A precificação e o mix também ajudaram a contrabalançar a inflação de custos e o aumento significativo nas despesas com publicidade e marketing.

 

Zona Europa

  • Crescimento orgânico de 8,2%: crescimento real (RIG) -2,4%; Precificação de 10,6%.
  • A margem de lucro operacional subjacente da Zona permaneceu inalterada em 16,4%.

O crescimento orgânico foi de 8,2%, com precificação de 10,6%. O crescimento real foi de -2,4%, refletindo a elasticidade da demanda e restrições de capacidade. O câmbio impactou negativamente as vendas em 4,9%. Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas em 3,4%. As vendas reportadas na Zona Europa diminuíram 0,2%, para 19,1 bilhões de francos suíços.

O crescimento na Zona Europa foi sustentado pela precificação, pelo forte desenvolvimento das vendas no comércio eletrônico e pelo impulso contínuo dos canais fora de casa. A Zona registrou ganhos de participação de mercado em alimentos para pets e nutrição infantil.

Por categoria de produto, o principal contribuidor para o crescimento foi Purina PetCare, impulsionado por ofertas diferenciadas nas marcas premium FelixGourmet e Purina ONE. Café teve crescimento médio de um dígito, liderado pelos produtos solúveis e prontos para beber Nescafé. A categoria Confectionery reportou alto crescimento de um dígito, com ganhos contínuos de participação de mercado para KitKat. Nestlé Professional registrou crescimento de dois dígitos, liderado pelas bebidas. Nutrição Infantil apresentou elevado crescimento de um dígito, com base no impulso contínuo das fórmulas infantis premium, especialmente NAN. A de Produtos culinários teve crescimento médio de um dígito, com desenvolvimento robusto de vendas para Maggi e Thomy. A de Águas registrou crescimento de um dígito, já que o forte impulso da S.Pellegrino e da Acqua Panna foi contrabalançado pelo impacto das restrições temporárias de capacidade da Perrier.

A margem de lucro operacional subjacente da Zona permaneceu inalterada em relação ao ano anterior. A significativa inflação de custos e maiores despesas com publicidade e marketing contrabalançaram as ações de precificação e otimização de portfólio.

 

Zona Ásia, Oceania e África (AOA)

  • Crescimento orgânico de 8,3%: crescimento real (RIG) de 0,3%; Precificação de 8,0%.
  • A margem de lucro operacional subjacente da Zona aumentou 60 pontos-base para 23,5%.

O crescimento orgânico foi de 8,3%, com crescimento de 0,3%. A precificação aumentou 8,0%, com contribuições amplas de todas as geografias e categorias. O câmbio reduziu as vendas em 13,5%, impactado pela significativa desvalorização cambial. As vendas reportadas na Zona AOA diminuíram 5,2%, para 17,5 bilhões de francos suíços.

O crescimento na Zona AOA foi sustentado pela precificação e pelo impulso contínuo do comércio eletrônico e dos canais fora de casa. A Zona registrou ganhos de participação de mercado em confectionery e café.

O Sudeste Asiático registrou crescimento médio de um dígito, liderado pelas Filipinas, com forte desenvolvimento nas vendas de Nescafé e Maggi. O Sul da Ásia apresentou forte crescimento de dois dígitos na maioria das categorias. O crescimento na Índia foi baseado na expansão contínua da distribuição e no lançamento de novos produtos, com forte impulso para MaggiKitKat e Nescafé. O Oriente Médio e a África registraram crescimento de dois dígitos, com forte impulso particularmente para ofertas acessíveis de MaggiNAN e Milo. O Japão reportou crescimento médio de um dígito, liderado por Purina PetCareKitKat e Nescafé pronto para beber. A Coreia do Sul apresentou crescimento elevado de um dígito, impulsionado pelos produtos Starbucks. A nova oferta de café solúvel Starbucks repercutiu fortemente entre os consumidores. A Oceania registrou alto crescimento de um dígito, sustentado pelas inovações de KitKat, Purina PetCare e Nescafé.

Por categoria de produto, Nutrição Infantil foi a que mais contribuiu para o crescimento, liderada pela NANLactogen e Cerelac. A categoria Produtos culinários registrou crescimento de dois dígitos, com força contínua para Maggi. Café apresentou crescimento elevado de um dígito, com procura robusta por produtos Nescafé e Starbucks, especialmente ofertas prontas a beber. Produtos lácteos de prateleira reportaram crescimento médio de um dígito, com base no maior foco em produtos com benefícios funcionais. As vendas da Nestlé Professional cresceram em forte taxa de dois dígitos na maioria das regiões e categorias, sustentadas pela penetração do canal e pela demanda dos clientes. A área de Confectionery apresentou alto crescimento de um dígito, fortemente impulsionado por KitKat. Purina PetCare teve crescimento médio de um dígito, liderado por Purina ONE, Supercoat e Felix.

A margem de lucro operacional subjacente da Zona aumentou 60 pontos-base. Os preços, o controle disciplinado de custos e a otimização do portfólio compensaram amplamente o impacto da inflação dos custos de insumos e o aumento das despesas com publicidade e marketing.

 

Zona América Latina

  • Crescimento orgânico de 9,2%: crescimento real (RIG) de 0,3%; Precificação de 8,9%.
  • A margem de lucro operacional subjacente da Zona diminuiu 50 pontos-base para 20,7%.

O crescimento orgânico foi de 9,2%, com precificação de 8,9%. O crescimento real foi de 0,3%, passando a ser positivo no segundo semestre. O câmbio teve impacto negativo de 5,8%. As vendas reportadas na Zona América Latina aumentaram 3,2%, para 12,2 bilhões de francos suíços.

A Zona América Latina registrou forte crescimento em todas as geografias e categorias de produtos. O crescimento foi sustentado pela precificação, forte desempenho operacional e impulso contínuo dos canais fora de casa. A Zona reportou ganhos de participação de mercado em alimentos para pets, nutrição infantil e produtos culinários.

O Brasil apresentou forte crescimento de dois dígitos, com impulso contínuo para confectionery, nutrição infantil e bebidas. Nas bebidas, Nescafé registrou forte crescimento de vendas impulsionado pelos cafés porcionados. O México teve crescimento elevado de um dígito, com forte desenvolvimento nas vendas de produtos lácteos, café e Nestlé Professional.

Por categoria de produto, confectionery foi a que mais contribuiu para o crescimento, refletindo a forte demanda por KitKat e pelas principais marcas locais. Nesta categoria, Chocobiscuits registrou crescimento particularmente forte. Café reportou crescimento elevado de um dígito, liderado pelo café Nescafé solúvel e pronto para beber. Produtos lácteos apresentaram crescimento elevado de um dígito, sustentado por soluções culinárias lácteas e leites fortificados. Nutrição Infantil registrou crescimento elevado de um dígito, baseado no sólido impulso da fórmula infantil NAN, do cereal infantil Mucilon e dos produtos Materna. As vendas da Nestlé Professional cresceram em forte taxa de dois dígitos, com expansão contínua de clientes para soluções de cafés de marca. A de Produtos culinários reportou alto crescimento de um dígito, baseado no lançamento de novos produtos e no impulso adicional da Receitas Nestlé, a maior plataforma de receitas online da América Latina. Purina PetCare teve crescimento médio de um dígito, considerando-se a alta base de comparação em 2022.

A margem de lucro operacional comercial da Zona diminuiu 50 pontos-base. Itens não recorrentes no ano anterior contrabalançaram amplamente a precificação e a eficiência de custos.

 

Zona Grande China

  • Crescimento orgânico de 4,2%: crescimento real (RIG) de 2,5%; Precificação de 1,7%.
  • A margem de lucro operacional subjacente da Zona aumentou 40 pontos-base para 16,5%.

O crescimento orgânico foi de 4,2%, com crescimento real de 2,5% e precificação de 1,7%. O câmbio teve impacto negativo de 10,2%. As vendas reportadas na Zona Grande China diminuíram 5,9%, para 5,0 bilhões de francos suíços.

O crescimento na Zona Grande China foi sustentando pelo forte desenvolvimento das vendas nos negócios fora de casa e pelo impulso do comércio eletrônico. A Zona registrou ganhos de participação de mercado em café solúvel, alimentos para pets e confectionery.

Por categoria de produto, Nestlé Professional foi a que mais contribuiu para o crescimento, sustentada pela inovação e pela expansão da distribuição. A de Produtos culinários registrou alto crescimento de um dígito, com aumento da demanda por Totole nos canais fora de casa e lançamento de novos produtos. Confectionery reportou crescimento médio de um dígito, liderado por Shark wafer e Hsu Fu Chi. Nutrição Infantil teve crescimento positivo, liderado pelas ofertas hipoalergênicas e especializadas da NAN. No quarto trimestre, a Zona lançou uma solução de leite para crescimento para illuma, contendo oligossacarídeos do leite humano (HMOs). As vendas de produtos para o envelhecimento saudável cresceram à taxa de dois dígitos, sustentadas pelo lançamento do leite N3, uma inovação única com base científica que é tão nutritiva como o leite e com baixo teor de lactose. Café apresentou crescimento de um dígito, sustentado por ofertas prontas para beber. As vendas da Purina PetCare cresceram à taxa de dois dígitos, com base no lançamento de novos produtos e no forte impulso do comércio eletrônico.

A margem de lucro operacional subjacente da Zona aumentou 40 pontos-base, sustentada por um mix favorável e controle de custos disciplinado.

 

Nestlé Health Science

  • Crescimento orgânico de 1,6%: crescimento real (RIG) -3,2%; Precificação de 4,8%.
  • A margem de lucro operacional subjacente diminuiu 160 pontos-base para 12,0%.

O crescimento orgânico foi de 1,6%, com precificação de 4,8%. O crescimento real foi de -3,2%, impactado por uma restrição temporária no fornecimento do negócio de vitaminas, minerais e suplementos. As aquisições líquidas aumentaram as vendas em 3,1%, em grande parte relacionadas à consolidação da Orgain a partir de abril de 2022. O câmbio impactou negativamente as vendas em 6,2%. As vendas reportadas na Nestlé Health Science diminuíram 1,6%, para 6,5 mil milhões de francos suíços.

Vitaminas, minerais e suplementos tiveram crescimento negativo. As vendas no segundo semestre diminuíram após um problema de integração de TI encontrado durante a consolidação das unidades de embalagem nos EUA. A recuperação está demorando mais do que o esperado, uma vez que a extensão do problema era mais profunda e complexa do que se pensava inicialmente. As restrições de oferta resultantes deverão estar totalmente solucionadas até o fim do primeiro semestre de 2024, prevendo-se uma aceleração de crescimento no segundo semestre do ano. A marca de vitaminas, minerais e suplementos Pure Encapsulations não foi afetada pelo problema de abastecimento e teve crescimento de dois dígitos.

Active Nutrition reportou crescimento médio de um dígito, com desenvolvimento robusto das vendas para Orgain e Vital Proteins.

Nutrição Médica registrou forte crescimento de dois dígitos, com ganhos de participação de mercado em todos os segmentos. O crescimento foi liderado por produtos de cuidados médicos para adultos, produtos pediátricos e Vitaflo. O portfólio gastrointestinal, incluindo Vowst e Zenpep, teve forte crescimento de dois dígitos.

Por geografia, a América do Norte apresentou redução nas vendas. A Europa reportou crescimento médio de um dígito. Outras regiões combinadas registraram crescimento elevado de um dígito.

A margem de lucro operacional subjacente da Nestlé Health Science diminuiu 160 pontos-base, como resultado do impacto das restrições temporárias de oferta.

 

Nespresso

  • Crescimento orgânico de 5,3%: crescimento real (RIG) de 2,0%; Precificação de 3,3%.
  • A margem de lucro operacional subjacente da Nespresso diminuiu 120 pontos-base para 20,3%.

O crescimento orgânico foi de 5,3%, com precificação de 3,3%. O crescimento real foi de 2,0%. O câmbio impactou negativamente as vendas em 6,0%. As vendas reportadas pela Nespresso diminuíram 1,2%, para 6,4 bilhões de francos suíços.

O principal contribuidor para o crescimento foi o sistema Vertuo, que continuou a registrar impulso generalizado. O crescimento dos canais fora de casa também foi forte, com adoção maior do sistema Momento, particularmente no segmento de escritórios. A inovação continuou a ressoar entre os consumidores, incluindo o lançamento de cápsulas de café caseiras compostáveis e a edição limitada ultrapremium Nº 20, uma variedade única de arábica. Em 2023, a Nespresso foi reconhecida como uma das 100 marcas mais valiosas do mundo[1].

Por geografia, a América do Norte registrou crescimento de dois dígitos, com ganhos contínuos de participação de mercado. A Europa reportou crescimento de um dígito. Outras regiões combinadas apresentaram crescimento médio de um dígito.

A margem de lucro operacional subjacente da Nespresso diminuiu 120 pontos-base. A significativa inflação de custos e a valorização do franco suíço contrabalançaram amplamente as ações de precificação e a eficiência de custos. A empresa continuou a investir na implementação do sistema Vertuo, bem como no marketing da marca.

 

Os negócios como uma força para o bem: plano Net Zero bem encaminhado

A Nestlé alcançou a redução líquida de 13,5% de suas emissões de gases com efeito de estufa (GEE) em relação ao valor base de 2018, enquanto continuou sua trajetória de crescimento durante esse período. Avançando em direção ao Net Zero, a empresa ultrapassou o pico de carbono em 2019 e conseguiu dissociar, com sucesso, o seu crescimento das emissões. A Nestlé está bem encaminhada para atingir a redução de 20% nas emissões de GEE até 2025.

Pela primeira vez, a empresa também oferece transparência nas reduções de gases específicos. Por exemplo, alcançou uma redução de 15,3% do metano em relação à linha de base de 2018. Esta redução significativa foi possível devido ao foco da Nestlé nos produtos lácteos, sua maior fonte de emissões de metano.

A Nestlé está tornando suas próprias operações mais eficientes em termos energéticos e aumentando a utilização de eletricidade renovável. No final de 2023, 91,9% da eletricidade nas suas unidades de produção globais provinha de fontes renováveis. A meta é chegar a 100%.

Além disso, a empresa continua a reduzir as emissões da sua cadeia de valor. Trabalha com seus fornecedores e produtores que a abastecem para ajudá-los a combater suas emissões e fazer a transição para a agricultura regenerativa. No final do ano passado, 15,2% das matérias-primas da Nestlé provinham de agricultores que adotavam tais práticas. A ambição da empresa é chegar a 20% até 2025. Reduziu, ainda, o uso de combustíveis fósseis em áreas como embalagens e distribuição de produtos.

Mais detalhes podem ser encontrados no Relatório de Criação de Valor Compartilhado e Sustentabilidade da Nestlé, publicado hoje.

 

Perspectivas

Perspectivas para 2024: esperamos crescimento orgânico das vendas em torno de 4% e aumento moderado da margem de lucro operacional subjacente. Espera-se que o lucro subjacente por ação nas moedas constantes aumente entre 6% e 10%.

Metas de médio prazo para 2025 integralmente confirmadas: crescimento orgânico das vendas de um dígito e margem de lucro operacional subjacente na faixa de 17,5% a 18,5% até 2025. O lucro subjacente por ação nas moedas constantes aumentará entre 6% e 10%.

 

 

Nova PR

 

 

About rosano

Check Also

Hospital sorteia Dodge Ram e carro de colecionador para arrecadar recursos para a construção de UTI pediátrica e sala hemodinâmica

As vendas já foram iniciadas; sorteio será realizado no dia 3 de abril Da assessoria ...