Home / Destaques / Kalil vai oferecer tablets para alunos do Ensino Fundamental

Kalil vai oferecer tablets para alunos do Ensino Fundamental

Desde que o Projeto Escola em Tempo Ampliado (ETA) começou nas escolas da rede municipal que o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de VG está com resultado positivo

Publicado por: Rosano Almeida

O candidato a prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), quer assegurar que o avanço na melhoria da nota do Índice da Educação Básica (Ideb), medido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), continue. O emedebista projeta a modernização do modelo de aprendizagem, incorporando ferramentas tecnológicas à rotina dos estudantes. Para isso, quer implementar o uso de tablets pelos alunos do Ensino Fundamental durante as aulas.

Ao associar tecnologia e educação, Kalil pretende levar a inclusão digital para dentro das escolas da rede Municipal, com laboratórios de informática e a distribuição de tablets aos alunos. “Quando a gente fala em educação, a gente fala do futuro das nossas crianças. E na gestão de Lucimar Campos tivemos grandes avanços, nosso índice da educação ficou acima da meta estabelecida”, pontuou Kalil.

O candidato destaca a melhoria na nota do Ideb, que passou de 5.0 para 5.7 nos últimos cinco anos. Kalil considera que um dos principais fatores que impactaram na melhoria da educação em Várzea Grande foi a implantação do programa Escola em Tempo Ampliado (ETA) em 22 unidades. Além de dobrar o número de unidades durante sua gestão, o emedebista quer investir pesado na inclusão digital como ferramenta de pesquisa e leitura.

A proposta tem a simpatia dos educadores, como a professora Geórgia Figueiredo, que leciona na rede Municipal de Várzea Grande. “Estamos a todo o momento tentando incluir as crianças no âmbito escolar e na sociedade. E a inclusão digital é uma necessidade. A educação melhorou. Mas precisamos avançar ainda mais. E tenho certeza que Kalil dará continuidade”, completa Geórgia.

Além de distribuir tablets, Kalil vai construir, em parceria com o governo federal, 10 novas creches e cinco escolas de Ensino Fundamental, ampliar, assegurar e ampliar a inclusão escolar de alunos com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e de altas habilidades.

Kalil diz ser possível adquirir os tablets com recursos do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que aumentará dos atuais 10% para 23% a participação da União no Fundo.

Essa participação será elevada de forma gradual: em 2021 começará com 12%; passando para 15% em 2022; 17% em 2023; 19% em 2024; 21% em 2025; e 23% em 2026. “Temos condições para seguir avançando e melhorando nossa cidade. E a educação é a mola propulsora da sociedade. É um poderosíssimo instrumento de transformação”, concluiu.

 

Assessoria Kalil Baracat

About rosano

Check Also

Korin Agricultura quadruplica capacidade de fábrica de bioinsumos

Publicado por: Rosano Almeida O crescimento do mercado de bioinsumos e as perspectivas de contínuo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *