Home / Notícias / Alcoólicos Anônimos ajuda a recuperar vidas em Mato Grosso

Alcoólicos Anônimos ajuda a recuperar vidas em Mato Grosso

Publicado por: Rosano Almeida

Alcoolismo é uma das doenças que mais provoca óbitos. Caracterizando-se por uma predisposição física aliada a
uma obsessão mental, instala-se gradativamente na vitima até dominá-la inteiramente. Irreversível, progressiva e
incurável, atinge indistintamente homens e mulheres de todas as raças, credos ou condição social. Para que seus
portadores não tenham como fim inevitável a loucura ou a morte prematura só existe uma saída: deter a marcha
da doença através da abstinência total e permanente do álcool. Essa tarefa não é fácil e para realizá-la o alcoólico
precisa reaprender a viver.

É justamente para isso que existe Alcoólicos Anônimos, uma Irmandade de homens e mulheres, todos alcoólicos,
que se ajudam mutuamente a manter a sobriedade e compartilham suas experiências com qualquer pessoa que
possa ter problemas com seu modo de beber.

Alcoólicos Anônimos não se vincula a qualquer religião, movimento político ou instituição. Não faz internações, não realiza tratamentos médicos ou psiquiátricos nem proporciona serviços de enfermagem ou desintoxicação, hospitalização, medicamentos ou qualquer tratamento de saúde. Não se dedica nem patrocina pesquisas. Não oferece assistência religiosa. Não fornece abrigo, comida, roupas, empregos, dinheiro ou outros serviços de beneficência ou assistência social. Não aceita dinheiro em pagamento por seus serviços ou quaisquer contribuições de fora da Irmandade.

Sua atuação se efetua através de um Programa de Recuperação, OS DOZE PASSOS, sugeridos para a prática diária na vida do alcoólico e de reuniões promovidas pelos Grupos de A.A., onde são trocadas experiências dos problemas vividos durante o alcoolismo ativo e como cada um está vivendo na sobriedade, fortalecendo-se assim, o desejo de permanecer abstinente.

Em A.A., não existem taxas ou mensalidades. Mantendo-se graças às contribuições voluntárias de seus membros, mantendo-se livre de injunções políticas ou financeiras que possam vir a prejudicar seu propósito primordial: transmitir a mensagem ao alcoólico que ainda sofre.

Outra característica fundamental de Alcoólicos Anônimos é a colocação dos princípios da Irmandade cima das personalidades de seus membros, razão pela qual o anonimato de seus membros é cuidadosamente preservado.

Opiniões a respeito de Alcoólicos Anônimos

Dr. Dwight L. Wilbur – Presidente da Associação Americana de
Medicina em 1968: “De todas as organizações profissionais e não profissionais
que lidam com a doença do alcoolismo, nenhuma tem mostrado o êxito de
Alcoólicos Anônimos”.

Dr. Foster Kennedy – Neurologista: “Creio que nossa classe deve
tomar conhecimento e apreciar essa grande arma terapêutica usada por
Alcoólicos Anônimos”.

Dr. G. Kirby Collier – Psiquiatra: “Senti que A.A., é um grupo que vive
independentemente e que obtém melhores resultados seguindo sua própria
orientação”.

Dr. Henry M. Tiebout -Psiquiatra: “Na qualidade de psiquiatra meditei
muito a respeito das relações de minha especialidade com o A.A. tendo chegado
à conclusão que nossa função especifica pode muita vezes consistir em preparar
o caminho para que o paciente aceite qualquer espécie de tratamento ou ajuda
externa. Para mim, agora, a tarefa que cabe ao psiquiatra é a de romper a
resistência interna do paciente de forma que aquilo que está dentro dele se
desenvolva como acontece quando está sob a ação do programa de Alcoólicos
Anônimos”.

Rafael Brito de Magalhães – Especialista em psiquiatria e Osvaldo Luiz
Saide – Professor Associado de Psiquiatria na UERJ afirmam a respeito de
Alcoólicos Anônimos: “O problema do alcoolismo em nosso país é vasto e a
atenção às pessoas que sofrem dessa doença passa obrigatoriamente por
recursos da própria comunidade. Grupos de mutua ajuda representam uma
interessante alternativa no tratamento do alcoolismo. Os A.A. se apoiam na
abstinência total de qualquer tipo de bebida alcoólica como princípio de
recuperação e compreender um pouco melhor por que tantas pessoas se
beneficiam dessa abordagem é compreender o desenvolvimento de um grupo
fraterno (a Irmandade de Alcoólicos Anônimos) como interessante recurso de
apoio e pode ser acionado a qualquer momento pelas centenas de salas
espalhadas pela cidade”. Revista Debates em Psiquiatria nº 19 – Nov./Dez/2015.

Para conhecer melhor Alcoólicos Anônimos e obter maiores informações ligue para 65 3321 1020 ou visite o site www.aamt.org.br ou através do e-mail esl@area05mt.aa.org.br

About rosano

Check Also

Liminar isenta de pedágio moradores e proprietários de áreas na MT 208

Publicado por: Rosano Almeida A Justiça acolheu pedido liminar efetuado pelo Ministério Público Estadual e ...

Deixe uma resposta