Home / Internacional / Trump veta resolução do Congresso que impediria construção do muro

Trump veta resolução do Congresso que impediria construção do muro

Publicado por: Rosano Almeida

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vetou nesta sexta-feira 15 a resolução aprovada pelo Congresso que cobra o fim do estado de emergência nacional. A Casa Branca havia decretado esse status em fevereiro com o objetivo de conseguir a verba necessária para a construção do muro na fronteira com o México, uma das principais promessas eleitorais do governante.

“Hoje veto essa resolução. O Congresso tem a liberdade de aprová-la, e eu tenho a obrigação de vetá-la”, declarou Trump pouco antes de assinar o documento, durante uma cerimônia no Salão Oval.

O mandatário argumentou que conta com um apoio “arrasador” dos eleitores republicanos e que tanto o Senado como a Câmara dos Representantes, que aprovaram a resolução, tinham dado um voto “contrário à realidade”.

Segundo o jornal The Washington Post, 12 congressistas republicanos uniram-se aos opositores democratas nesse desafio ao decreto de Trump como meio de questionarem os métodos do presidente americano. No Senado, 59 membros votaram contra a situação de emergência nacional contra 41 a favor na noite de quinta-feira 14.

“Nunca antes um presidente pediu recursos, o Congresso não o deu, e então o presidente usou a lei de Emergência Nacional, de 1976, para gastar o dinheiro”, afirmou o senador republicano Lamar Alexander, segundo o jornal The New York Times. Outro republicano, o senador Jerry Moran considerou inconstitucional a declaração de Trump.

A casa, porém, não tem votos suficientes para derrubar o veto presidencial. A expectativa é que, pela via judicial, o estado de emergência possa ser derrubado – e, com isso, suspensos os recursos para a construção do muro. Uma coalizão de 16 dos 50 Estados americanos entrou com uma ação na Corte Distrital Federal de São Francisco contra a medida adotada por Trump.

Trump tripudiou da decisão do Congresso em seu perfil no Twitter. “Gostaria de agradecer a todos os grandes senadores republicanos que bravamente votaram por uma forte segurança na fronteira e pelo muro”, escreveu, com a última palavra em maiúsculas. “Isso vai ajudar a parar com o crime, o tráfico humano e as drogas entrando no nosso país. Vejam, quando voltarem a seus estados, eles (o povo) vão adorar vocês mais que nunca antes.”

Em uma claro drible no Congresso, o presidente americano decretou emergência nacional no último dia 20 de fevereiro para garantir os 7,9 bilhões de dólares necessários para a construção de 374 quilômetros de muro na fronteira com o México.

Um acordo entre republicanos e democratas havia previsto a despesa de 1,37 bilhão de dólares para a construção de um muro de apenas 88 quilômetros na fronteira com o México. esse acordo permitiu o fim da paralisia do governo federal americano, provocada pelo próprio Trump como meio de pressão sobre o Congresso.

 

Com EFE

Twitter: @estrelaguianews

About rosano

Check Also

Disney impede que um pai coloque a imagem de Homem-Aranha no túmulo do filho

Publicado por: Rosano Almeida Ollie Jones tinha quatro anos quando morreu em dezembro de 2018, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *