Home / Destaques / Tarifa Social representa inclusão e economia para usuários do transporte público

Tarifa Social representa inclusão e economia para usuários do transporte público

A

Desfrutar de momentos em família nos diversos pontos de lazer da Capital e promover a inclusão das esferas mais vulneráveis formam os fundamentos do programa Tarifa Social, iniciativa desenvolvida pela prefeito Emanuel Pinheiro em 2017. Mediante o decreto nº 6254/17, a medida garante 50% de desconto em passagens de ônibus em feriados nacionais e datas comemorativas, como o Dia das Mães e Dia dos Pais.

Estimulando também a economia local a partir da redução em casos pontuais, a proposta vai ao encontro das necessidades do contribuinte que conta com o transporte coletivo para se deslocar de maneira regular. Com a tarifa passando de R$ 3,60 para R$ 1,80, dias pacatos ganharam vigor, com parques, shoppings centers e outros espaços de lazer repletos de visitantes em circunstâncias onde há baixa movimentação. Ao longo deste ano, 10 feriados proporcionaram esta mudança de comportamento.

“Datas comemorativas são oportunidades singulares para o cuiabano desfrutar de um tempo de qualidade com seus parentes e amigos, bem como visitar alguns dos nossos mais novos cartões postais. Ao tomarmos essa decisão ousada de ofertar novos motivos para o contribuinte sair de casa em dias mais calmos, estamos incentivando a movimentação econômica do nosso comércio, à medida que também propiciamos uma alternativa viável para que o cidadão assim o faça. A proposta é simples, mas traz consigo um leque de reflexos positivos, aprimorando o convívio social entre as diversas comunidades, além de melhorar a qualidade de vida do munícipe. Tudo isso sem comprometer seu orçamento mensal e sem aumento significativo em seus gastos”, afirmou o prefeito Emanuel Pinheiro.

A Tarifa Social é também fruto de um estudo orçamentário municipal, não comprometendo as despesas do poder público, tão pouco a prestação regular do serviço ao cidadão. Neste ano, a prerrogativa esteve presente na rotina do usuário de ônibus em 10 ocasiões, sendo a mais recente nesta última segunda-feira (25), data que celebra o Natal. Possibilitando uma economia correspondente a R$ 21,60 ao longo de 2017, a aparente pequena redução gera grandes reflexos ao passageiro, que muitas vezes evitava deslocamentos em feriados devido ao valor integral a ser pago.

“Em Cuiabá temos aproximadamente 170 mil usuários regulares de ônibus, sendo que desta parcela 34% usufruem da gratuidade. Isso significa que 66% da quantidade de passageiros são formadas por cidadãos pagantes, que gastam mensalmente uma média de R$ 151,20 com locomoção. Essa intervenção idealizada pelo nosso prefeito possui reflexos imediatos na vida do munícipe, uma vez que ele gasta apenas metade do que normalmente faria, ao pagar pela passagem de ida e volta em saídas nos feriados. O custo integral dificultaria o giro econômico em dias mais calmos e esta alternativa é mais um elemento impulsionador, não apena financeira, como social e culturalmente”, concluiu o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

 

Assessoria

Twitter: @estrelaguianews

 

 

About admin

Check Also

A

Defensora dissemina conhecimento sobre direitos da mulher em eventos no RJ e em MT

A fim de disseminar conhecimento sobre direitos da mulher, a Coordenadora do Núcleo de Defesa ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *