Home / Notícias / Secretaria convoca beneficiários da Bolsa-Família para procurarem as unidades de Saúde

Secretaria convoca beneficiários da Bolsa-Família para procurarem as unidades de Saúde

A

Os beneficiários do Programa Bolsa-Família devem comparecer a uma das unidades básicas (UBS) mais próximas de sua residência para cumprir a condicionalidade da saúde prevista no programa. A 2  ª vigência de 2017 vai até o dia  10 de novembro. O público alvo da convocação são as mulheres em período fértil e crianças menores de 07 anos.

Nas unidades serão checados se os beneficiários estão em dia com o calendário de vacinação, o acompanhamento da pesagem e estatura das crianças e também o pré-natal no caso das gestantes.

A nutricionista Laura Vicunã Botelho dos Santos, Responsável Técnica do Programa da Alimentação e Nutrição, da Diretoria de Atenção Básica, disse que na 1ª Vigência de 2017, mais de 17,6 mil famílias  compareceram as unidades. As famílias são acompanhadas obrigatoriamente duas vezes ao ano, uma no primeiro semestre, nos meses de março e abril, e outra no segundo semestre, em setembro e outubro.

Um dos critérios para o recebimento do Bolsa-Família é o cumprimento da condicionalidade saúde. Assim, o governo federal garante à população os serviços da Atenção Básica ligados à vacinação, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança menor de sete anos, além do pré-natal da gestante, assistência pós-parto, e a  vigilância nutricional.

“As famílias que deixarem de cumprir a condicionalidade, ou seja, não comparecem a uma Unidade Básica de Saúde para fazer o acompanhamento podem ter o benefício suspenso por falta de atualização”, alertou a responsável técnica.

Ao comparecer nas UBS, os pais ou responsáveis  devem levar a caderneta de saúde (caderneta de vacinação) das crianças e a responsável legal (ou mãe) levar o cartão do benefício. Se a mãe estiver grávida, deve levar também a caderneta  de   gestante.

As 92 UBS da rede pública de Cuiabá, composta pelos Centros de Saúde e Programa de Saúde da Família (PSF), estarão atendendo no seu horário normal de funcionamento, das  7 às 11 horas e das 13 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Bolsa-Familia

O Bolsa-Família é um programa de transferência de renda, destinado às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 170 mensais. O programa surgiu em  2003 com a intenção de combater a miséria no país e servir como trampolim para o desenvolvimento social da população.

O Programa associa à transferência do benefício financeiro o acesso aos direitos sociais básicos – saúde, alimentação, educação e assistência social.Para receber o benefício às famílias precisam estar dentro dos grupos beneficiados e cumprir algumas condições como, por exemplo, os filhos frequentarem a escola, o acompanhamento do estado de saúde das crianças, entre outros.

Local para o acompanhamento: UBS (Centro de Saúde e Programa de Saúde da Família), sendo o  horário de funcionamento das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas, de segunda a sexta­- feira.

 

Assessoria

Twitter: @estrelaguianews

About admin

Check Also

A

Mais de 400 pessoas passam por I Mutirão da Cidadania para Pessoas em Situação de Rua de Cuiabá

Mais de 400 pessoas passaram pelo I Mutirão da Cidadania para Pessoas em Situação de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *