Home / Destaques / Resgate histórico marca a reinauguração da Praça Ipiranga

Resgate histórico marca a reinauguração da Praça Ipiranga

“A Praça é do povo como o céu é do avião”, refletiu o prefeito Emanuel Pinheiro, acompanhado da primeira-dama, Márcia Pinheiro, durante a entrega da revitalização da Praça Ipiranga, na noite desta segunda-feira (04). Tombada como patrimônio histórico, a reconfiguração do espaço faz parte do pacote de obras do município para a valorização do Centro Histórico da capital.

O tradicional chafariz, que há muitos anos não estava em funcionamento, foi restaurado e o coreto localizado no centro da praça ganhou uma nova roupagem, além do espaço passar a contar com o primeiro banheiro público. O local ainda foi contemplado com a recuperação do paisagismo, a instalação de pisos novos, acessibilidade e muita iluminação.

“É com muita satisfação que hoje devolvemos mais um equipamento público para a população cuiabana. Essa entrega foi um compromisso nosso de revitalizar a cidade a partir do Centro Histórico, trazendo um novo vigor a espaços públicos tão antigos e que fazem parte da construção da cuiabania, sendo também motivos de muito orgulho para aqueles que decidiram, construir suas respectivas histórias aqui”, ponderou o chefe do Executivo.

Ícone da nossa cultura e trajetória, a Praça Ipiranga ainda se transformará em um grande Complexo, com as futuras instalações de uma nova estação de ônibus. O espaço, que seguirá os padrões pré-estabelecidos pela Estação Alencastro, tem previsão de entrega estimada em aproximadamente 100 dias.

“A praça ganhará a segunda grande estação de ônibus da nossa Capital, com todos os aspectos que a população já tem desfrutado na Alencastro. O espaço será climatizado, com placas de energia solar e atendendo cerca de 28 mil usuários do transporte coletivo por dia, com dignidade, conforto e respeito. Estamos começando um processo de transformação e revolução, que visa atender as necessidades dos usuários e dos menos favorecidos”, afirmou Pinheiro.

A reforma e revitalização de todo o espaço foi realizada em parceria entre as secretarias municipais de Serviços Urbanos e Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. O valor total investido foi de aproximadamente R$ 400 mil. Metade dos recursos é fruto da celebração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Unimed, além de uma contrapartida do valor remanescente feita pelo município.
A reconfiguração respeita todas as características históricas de seus equipamentos. O chafariz, o coreto, os postes, as luminárias e outras particularidades permanecem com seu conceito original. “É importante ressaltar que tivemos o cuidado de zelar por cada item, para que a revitalização não representasse a perda da nossa identidade”, conclui Pinheiro.

Para a historiadora Leila Borges, o local possui um papel emblemático. “A Praça Ipiranga, antigamente chamada de Marquês de Aracati, foi a segunda construída em Cuiabá e possui um valor simbólico, como sendo um ponto de encontro da cuiabania, além de ter sido o palco de acaloradas discussões políticas, principalmente por sua localização estar diante do antigo Quartel, onde hoje fica o Ganha Tempo. Quando se pensa no Centro Histórico de Cuiabá, caminhamos em diferentes temporalidades, percorrendo os séculos XVIII, XIX e XX e pensar em uma Cuiabá nos dias de hoje – próxima de seus 300 anos – nos dá muita alegria. Tenho a maior satisfação por ter contribuído para trazer mais esse resgate para nossa Capital”, disse.

Tomando todos os  cuidados para assegurar a preservação ambiental, a estrutura foi edificada com uma pequena estação de tratamento de esgoto, garantindo que os dejetos cheguem à rede da região sem gerar qualquer tipo de prejuízo à natureza. A Praça será monitorada e contará com segurança 24 horas. O banheiro público funcionará das 08 às 20h gratuitamente.

A entrega simbólica ainda contou com apresentação cultural do grupo de siriri “Cuiabaninhos Franciscanos” e com a presença de diversas autoridades, secretários municipais, comerciantes locais e a população.

No segundo semestre de 2018, a Prefeitura de Cuiabá dará a ordem de serviço para o início da reforma da Praça da República e da Maria Taquara.

 

Assessoria

Twitter: @estrelaguianews

About rosano

Check Also

MPT participa de simpósio sobre combate ao trabalho infantil

Brasília – A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) organizou, nesta terça-feira (12), uma ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *