Home / Destaques / Pinheiro homenageia ex-prefeitos com medalha comemorativa dos 300 Anos

Pinheiro homenageia ex-prefeitos com medalha comemorativa dos 300 Anos

Publicado por: Rosano Almeida

Com a presença de personalidades que contribuíram para o desenvolvimento de Cuiabá ao longo dos 300 anos, a noite desta quinta-feira (11) foi marcada pela lembrança da história da cidade no lançamento da Medalha Comemorativa do tricentenário, na Casa Barão.

O lugar reuniu ex-prefeitos e primeiras-damas, além de ícones da cuiabania, que foram homenageados, sendo condecorados com a medalha.

O prefeito Emanuel Pinheiro recepcionou os convidados e ao lado da primeira-dama Márcia Pinheiro passou às mãos dos homenageados a medalha, que carrega a simbologia da terra calorosa e acolhedora.

“Neste momento de marco da cuiabania, esses que tanto contribuíram, efetivamente, para que Cuiabá se tornasse essa Capital de contexto histórico brilhante não poderiam ser esquecidos. Por isso, hoje, estamos fazendo esse regaste, esse reencontro do passado com o presente, por meio dessa homenagem eternizando homens e mulheres que lutaram bravamente pelo melhor de Cuiabá”, externou Pinheiro, que também foi homenageado com uma medalha única, estampando seu rosto em um dos lados e a marca da data festiva do tricentenário.

Entre o grupo de ex-prefeitos, estava Frederico Campos, prefeito por duas vezes da Capital, –  de 1967 a 1969 e de 1989 a 1993.  Bem humorado, ex-prefeito e ex-governador, fez questão de expressar seu amor por Cuiabá.

“Primeiramente, agradeço pela lembrança e reconhecimento do meu trabalho por essa cidade que amo de coração. Esses momentos nos ajudam a lembrar da Cuiabá que no passado era uma pequena vila e, num instante, se tornou essa metrópole de três séculos, graças ao trabalho de um povo trabalhador e hospitaleiro. Que felicidade em fazer parte desse capítulo da história de Cuiabá”, lembrou Frederico.

O governador Mauro Mendes também foi um dos homenageados e agradeceu pela oportunidade de ter servido o povo cuiabano nos quatro anos que esteve à frente do Palácio Alencastro (2013 a 2016).

“A palavra de hoje é gratidão. Gratidão pela homenagem. Gratidão pela oportunidade que essa cidade me deu, pela confiança em colocar a gestão dessa Capital em minhas mãos. Terra que me acolheu e que me deu minha família. Então, dentro das minhas limitações, tentei fazer o melhor enquanto prefeito. Agradeço a todos e em especial ao prefeito atual, Emanuel Pinheiro, por esse momento de celebração”, agradeceu Mauro.

Expressaram os agradecimentos também o ex-prefeito e atual deputado estadual Wilson Santos e a presidente do Instituto Histórico Geográfico de Mato Grosso (IHGMT) Elizabeth Siqueira, que junto com o prefeito Emanuel, conduziu as homenagens, em prol do centenário do Instituto, onde em parceria com o Município, lançou a Medalha dos 100 anos de história do IHGMT.

“300 anos de Cuiabá e 100 anos do Instituto, que remete à celebração e eternização de momentos relevantes para a trajetória dessa sociedade. Por isso, esse momento se torna imensamente especial, unificando esses dois marcos. Aqui, parabenizo esse gestor Emanuel Pinheiro, o expoente dos festejos, somou ao nosso marco também, e estendo a gratidão a todos os demais por todo amor pela Cuiabá e sua história”, frisou a presidente.

Ao todo, foram confeccionadas 450 medalhas. 300 voltadas aos 300 anos e 150 em comemoração ao centenário do IHGMT. Com o Brasão Oficial de Cuiabá –  um dos mais antigos do Brasil. Ele foi criado em 1726/7 em Lisboa – no centro, a Medalha do tricentenário carrega em suas linhas, o verde campo, o morrete de ouro e a fênix, símbolo da infinitude. Já a Medalha dos 100 do IHGMT foi inspirada no dístico criado pelo seu primeiro presidente, o D. Francisco de Aquino Corrêa, com a frase –  em tradução para o português –  Pela Pátria Conhecida e Imortal.  O dístico foi criado em 8 de abril de 1919.

Responsável por toda organização das homenagens, o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, observou que o evento traz em si, o reencontro da história que desenham a linha de três séculos da cidade cuiabana.

“Um momento de nostalgia, de reencontros, onde se deixa de lado a política para relembrar os grandes momentos de realizações por Cuiabá. Foi uma forma que a Prefeitura encontrou para homenagear, entre essa diversidade de eventos pelos 300 anos, onde o prefeito, com muito amor, colocou todas as suas forças para presentear o povo e aos que fizeram muito pela cidade. Além disso, somando a esse marco da Capital, esse importante momento, onde o Instituto Histórico Geográfico completa seu centenário e é, de forma honrosa, celebrado aqui também”, finalizou o secretário.

Além dos citados, também foram homenageados os ex-prefeitos José Garcia Neto, Aecim Tocantins, Bento Machado, Benedito Alves Ferraz, Manoel Antônio Rodrigues Palma, Gustavo Arruda, Anildo Lima Barros, Dante Martins de Oliveira, José Meirelles, Roberta França e Francisco Galindo, além do prefeito da cidade  italiana de Comune Di Oppido Mamertina, Domenico Giannetta, com quem Emanuel celebrou, no último fim de semana, o Tratado de intercâmbio para jovens, chamado o Cidade Irmãs.

Do Instituto Histórico Geográfico de Mato Grosso receberam as Medalhas do centenário, Arcebispo de Cuiabá Dom Milton, os sócios honorários atuais, Gabriel Novis, os falecidos Paulo Pitanga Costa e Silva, João Carlos Vicente, Weller Marcos da Silva, Anna Maria Fernands, Vinicius de Carvalho Araújo, e também os institutos das cidades do interior, sendo ao de Cáceres e Poxoréu.

 

Assessoria da Prefeitura

Twitter: @estrelaguianews

 

 

 

 

About rosano

Check Also

3ª edição da Pescaria da Melhor Idade conta com mais de 500 idosos

Atualmente, a Prefeitura de Cuiabá atende mais de 1.200 idosos, com diversas atividades nas quatro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *