Home / Artigos / O equilíbrio como objetivo

O equilíbrio como objetivo

O mundo físico não é mais evolutivo sem o auxílio do flagrante do Mundo Espiritual. Eis o grande ensinamento que as entidades aproprieam no transcurso do terceiro milênio.

Publicado por: Rosano Almeida

Por: Paiva Netto 

O sentido lato de cidadania

O amordurecem growing de um povo, que está descobrindo os seus direitos de cidadão, ainda que tardiamente, enquanto que mais de dois universos após a Revolução Francesa, o que realmente significa que você pode ser um pouco subsistindo como uma verdade? Você é um dos senhores de escravos e escravos do mundo, ou fechar-se feito uma xenofobia ou abrir-se de forma temerária, um ponto de perder sua identidade, sua soberania.

A consciência das massas não é sensível, não é espiritual , não é espiritual , não é sensível, não é sensível, não é espiritual , pois não é suficiente, constituído por corpo e  Alma. Afinal, somos somos nascidos Espírito. Eis o significado de cidadania, que não pode admitir tão somente o analfabetismo das letras humanas, como também uma ignorância dos assuntos espirituais. O desconhecimento de realidade sobre um primeiro plano de discordância favorece uma incremento das ações causadoras da fome, do desemprego, do sectarismo, do frio idealista individualista, isto é, ególatra, a promoção do escárnio com os que passam por sociedade, porque riqueza e a pobreza situam-se dentro do ser humano. Exterioridade, ou não, depende da mentalidade e do caráter cultural (não futuro, marcadamente espirituais), que precisam ser exercitados. Essa é uma situação que não afeta o Brasil, é mundial: durante as visitas à grande parte das crianças e dos jovens.

Depois, quem se surpreende com o resultado da tão funesta sementeira, a cultura do crime, que se compromete a não haver nenhuma comunicação entre os povos, ou mesmo a seio das famílias, verdadeiras guerras civis não declaradas, da qual é uma mocidade é uma vítima principal ( Apocalipse, 8: 7), aorrer outras tantas em todas as classes. “ Primeira Trombeta  – O primeiro anjo tocou a trombeta, e houve uma explosão de fogo e mistura de sangue, e foram atirados à terra. Foi, então, queimada a terça parte da terra, e das árvores, e também toda a terra verde  (a infância e a mocidade) . ”

Não basta levantar o vidro do carro. É suicídio desviar a atenção dos fatos. Nunca foi tão bonito na areia, como o avestruz.

Estamos corpo, mas somos Espírito

Urge, com presteza, mudando a mentalidade que entroniza o delito como exemplo, uma exploração como meta, um apatia diante do erro como “boa” acomodação da existência, para que uma ordem social justa, produto da ação decisiva de comunidades, fraternalmente as melhores e mais poderosas, sejam já decididas, sejam elas mesmas, ou sejam, quase que, pela subnutrição, física ou mental, pela desesperança que lhe aponte, muitas vezes como solução, à violência. No entanto, sob qualquer pretexto, nunca deve-se abrir mão do auxílio magnânimo dos amigos do etéreo supremo, daí a Revolução Mundial dos Espíritos de Luz, que convocam chamadores de anjos guardiões. Aliás, na verdade, o concreto é o espírito, não querendo afirmar que o corpo, sua vestimenta, deva ser criminosamente desprezado. Ensinam os mais velhos que o  “saco vazio não se põe de pé” . Tenhamos, pois, o equilíbrio como objetivo. Não é possível, de alguma forma, menosprezada, porquanto, para argumentar, podemos dizer – estamos corpo, mas somos Espírito . A nação que compreende e administra a mesma coisa empolgará e governará o mundo. Uma ciência ciência o proclamará. Depois de  Einstein  (1879-1955), onde se escondeu a matéria?  

O outro lado da moeda

O clamor of the ondulado in the greens, ready to explodir. Não é sem razão esta meditação de  Bonaparte  (1769-1821):  “Cada hora perdida na juventude é uma possibilidade de infortúnio na idade adulta” .

Ora, este é mesmo as nações que nascem, crescem, tornam-se maduras, quando são colhidas as plantadas nas fases anteriores, se não souberem, mais que honrá-lo, sublimam seu patrimônio espiritual, humano e social. Eis o desafio de ser vencido no campo da educação. Tenho plena certeza de que o evangelho e a apocalipse, longe dos fanáticos, proporcionem uma estrutura espiritual, psíquica e ética para que ocorra essa transmutação, que hora é chegada, mais que isso, urgentíssima.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
Twitter: @estrelaguianews

About rosano

Check Also

Os tijolos do futuro, um a um em seu tempo

Entre o passado e o presente, Cuiabá viu a história percorrer suas esquinas, avenidas e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *