Home / Notícias / Mais de 400 pessoas passam por I Mutirão da Cidadania para Pessoas em Situação de Rua de Cuiabá

Mais de 400 pessoas passam por I Mutirão da Cidadania para Pessoas em Situação de Rua de Cuiabá

A

A

Mais de 400 pessoas passaram pelo I Mutirão da Cidadania para Pessoas em Situação de Rua realizado em Cuiabá, na última sexta-feira (1º de dezembro), por meio de uma parceria entre Defensoria Pública, Fórum de População em Situação de Rua e inúmeras instituições. O evento foi realizado no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Centro.

Articuladora de rede do Fórum, a Defensora Pública Rosana Esteves Monteiro ressaltou a importância do movimento inédito em Mato Grosso. “Com eventos como esse chamamos a atenção da sociedade para a valorização do ser humano, para que tenham acesso a políticas públicas. Essas pessoas, até então invisíveis, estão sendo vistas e ouvidas. Mais do que um momento de oferta de serviços tão necessários, também buscamos alavancar ações voltadas para este grupo extremamente vulnerável”.

Dentre essas ações, a Defensora destacou a luta pela implantação do Centro Pop em Cuiabá. “Esse centro é um equipamento público para promover cidadania, acesso a direitos e oportunidades. Hoje as pessoas em situação de rua são assistidas pelo Creas, que atende todas as vulnerabilidades. Já o Centro Pop será uma referência para eles, uma vez que oferecerá todos os serviços exclusivamente para esta população, que hoje é de cerca de 500 pessoas em Cuiabá”.

Além da Defensora, participaram do mutirão os Defensores Públicos Corina Pissato, David Brandão Martins, João Vicente Nunes Leal e Simone Campos da Silva, que prestaram assistência jurídica integral e gratuita das 8h às 17h, realizando atendimentos referentes à aposentadoria, divórcio, restauração de registro civil, emissão de declaração de hipossuficiência para retirada de segunda via gratuita de documentos, dentre outros.

No mutirão foram oferecidos ainda os serviços de emissão de documentos, solicitação de benefícios previdenciários e assistenciais, mediação, atendimento de saúde e odontológico, banho e doação de material de higiene.

 

Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso

Twitter: @estrelaguianews

 

About admin

Check Also

A

Maioria das vítimas de racismo ainda sofre calada no Estado

Embora 67,7 % da população de Mato Grosso seja negra ou parda, isto é, afrodescendente, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *