Home / Notícias / IV Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa discute envelhecimento no século XXI

IV Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa discute envelhecimento no século XXI

Publicado por: Rosano Almeida

O prefeito Emanuel Pinheiro e a primeira-dama Márcia Pinheiro participaram da IV Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa, realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH) e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (COMDIPI), tendo como tema principal “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”.

O evento foi realizado entre os dias 17 e 18, no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no bairro Porto, em Cuiabá.

O prefeito Emanuel Pinheiro disse que tem como uma das metas frente ao Poder Executivo, de humanizar a gestão pública da Capital em todas as áreas. Gradativamente, estamos avançando em defesa dos direitos da pessoa idosa. Em 2017, comentou o prefeito, o desafio apontado e transformado em proposta foi em relação à importância da transversalidade entre os setores e já vem sendo executada nos Centros de Convivência dos Idosos (CCI’s). “E é isso que queremos que aconteça, novos apontamentos sejam apresentados para que possamos elaborar políticas públicas efetivas que atuem na ponta. Tenho plena convicção que excelentes propostas serão encaminhadas”, disse Pinheiro.

O secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho disse que a necessidade dos idosos vai além da causa social. Por isso, é que o trabalho vem sendo pautado na integração das secretarias, atendendo uma determinação do prefeito e da primeira-dama, que é de oferecer num único local, diferentes áreas, a exemplo da saúde e educação. “A Secretaria tem trabalhado com o objetivo de facilitar a vida do idoso. Fazendo isso, estamos fornecendo um tratamento humanizado, qualidade e excelência, nas quatro unidades dos Centros de Convivência dos Idosos (CCI’s), sendo eles, o ponto de referência da administração municipal para o público da terceira idade”, comentou.

Durante dois dias, idosos e representantes de entidades representativas tiveram a oportunidade de apresentar as principais demandas e de forma coletiva, elaborar as propostas que serão apresentadas nas etapas estadual e nacional. Os debates foram orientados por quatro eixos: Direitos Fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas; Educação: Assegurando Direitos e Emancipação Humana; Enfrentamento à Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa e os Conselhos de Direitos: Seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação de políticas públicas. “Entre os dias 21 e 28 de março, também foram realizadas mini-conferências para tratar do assunto e organizar os interesses comuns a fim de facilitar o processo de desenvolvimento do relatório técnico que ainda será colocado para apreciação e votação final”, disse o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (COMDIPI), Jerônimo Urei.

“Tenho como ideal, chegar ao final da gestão e poder olhar para trás e ver que Cuiabá se tornou referência da Melhor Idade, sendo a Capital o melhor lugar para envelhecer. É isso que chamo de gestão humanizada, que gosta de gente, olho no olho com a população com muito carinho e respeito, e isso começa com as pessoas da terceira idade, homens e mulheres que já fizeram muito e agora chegou agora do reconhecimento”, finalizou Pinheiro.

Tais propostas serão enviadas as instâncias estadual e nacional. A 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI) deve ser realizada até 15 de novembro de 2019.

 

Assessoria da Prefeitura

Twitter: @estrelaguianews

About rosano

Check Also

Prefeito e primeira-dama de Cuiabá prestigiam aniversário de Várzea Grande

Na ocasião, Pinheiro falou sobre a relação entre os municípios e destacou que VG se ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *