Home / Nacional / Câmara cria CPI para investigar vazamento de óleo no mar do Nordeste

Câmara cria CPI para investigar vazamento de óleo no mar do Nordeste

Publicado por: Rosano Almeida

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criou, nesta segunda-feira (18/11), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a origem das manchas de óleo que se espalharam pelo litoral do Nordeste. A comissão vai apurar também possíveis omissões de autoridades. O ato de Maia atende a requerimento do deputado João Campos (PSB-PE), que obteve o apoio de outros 267 deputados, superando o número mínimo de assinaturas exigido: 171.

João Campos disse que é importante que a Câmara coordene os esforços para responder a várias perguntas que estão sem resposta sobre esse gigantesto desastre naturalO número de praias, rios, ilhas e mangues atingidos por óleo chegou a 643, segundo balanço divulgado, no domingo (17/11), pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Ao todo, ao menos 116 municípios de todos os nove estados do Nordeste e do Espírito Santo foram afetados por fragmentos ou manchas de petróleo cru desde 30 de agosto.

“Uma situação drástica como essa requer ação rápida, eficaz, eficiente e efetiva por parte do Estado”, afirmou Campos.

Integrantes

De acordo com o ato da Presidência da Câmara, o colegiado também vai “avaliar as medidas que estão sendo tomadas pelos órgãos competentes, apurar responsabilidades pelo vazamento e propor ações que mitiguem ou cessem os atuais danos e a ocorrência de novos acidentes”.

A CPI será composta de 34 membros titulares e igual número de suplentes. O despacho de Rodrigo Maia para a criação da comissão ainda será lido em plenário. Cumprida essa etapa, abre-se prazo para que líderes façam a indicação de nomes para integrar o colegiado.

 

Correio Braziliense

About rosano

Check Also

Bolsonaro avalia GLO para reintegração de posse em áreas rurais

Publicado por: Rosano Almeida O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 2ª feira (25.nov.2019), na saída ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *