Home / Destaques / Assistência Social retoma campanha “Não dê esmola, promova cidadania”

Assistência Social retoma campanha “Não dê esmola, promova cidadania”

Lançada no início desse ano, a Campanha “Não dê Esmola, Promova Cidadania”, está sendo retomada pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Campo Verde e parceiros envolvidos. A retomada foi decidida esta semana, após uma reunião do Conselho Municipal de Segurança Pública.

A Campanha foi criada com o objetivo de reduzir o número de pessoas em situação de rua em Campo Verde, o que tem gerado reclamação por parte de moradores e de comerciantes, principalmente da região central da cidade. Como as queixas voltaram a ser feitas, optou-se pela retomada da Campanha.

De acordo com o coordenador de Vigilância Socioassistencial da Secretaria Municipal de Assistência Social, Ricardo Souza, a esmola contribuiu para que a pessoa em situação de rua continue na mendicância.

“Nem sempre o dinheiro que se dá representa um ajuda”, frisou ele. “Uma vez dando esmola vai fazer com que ela permaneça em situação de rua. Lembrando que ela tem que querer ajuda para sair da situação de rua. A gente não pode vir e impor que ela não deve ficar na rua”, completou.

A orientação dada por Souza é que, ao se deparar com alguém em situação de rua pedindo esmola, deve-se entrar em contato com a Secretaria Municipal de Assistência Social pelo telefone (66) 3419-2304, para que o órgão possa tomar as providências cabíveis.

“A Secretaria vai fazer o encaminhamento necessário: se é voltar para a família, se é buscar um tratamento de álcool e drogas, se é fazer uma documentação, até mesmo fazer uma consulta médica”, explicou Souza.

 

Assessoria da Prefeitura

Twitter: @estrelaguianews

 

About rosano

Check Also

Parceria entre prefeitura e Univag beneficia escolas da rede pública de Várzea Grande

Lançado na manhã de sexta-feira, 5, as atividades do Programa de Residência Pedagógica do Centro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *